Make your own free website on Tripod.com

ÉPOCA 2005/2006

JOGOS 2005/06
Home
HISTÓRIA 2005/06
TORNEIOS 2005/06
JOGOS 2005/06
Balanço da época
festa de encerramento da época
Campeões da Mini Liga 2006
Apuramento FFA abr06
VI Circuito - Covilhã
Tranmere no Porto
ACAPO CUP
Deslocação a Lanheses
18º Aniversário
Taça Nacional dos Campeões FFA 2006
Outras Fotos
HOMEPAGE PORTUS87

QUADRO DE RESULTADOS 2005/2006

DATA

HORA

ADVERSÁRIO

Nº. / TIPO JOGO

LOCAL

RESULTADO

 6 Set 05

23.00 

"Os Sobrinhos" 

1/A 

S. Mamede 

8-4

17Set. 05 

10.00

"CT-04" 

2/T ACAPO CUP

Porto 

5-4 

17 Set. 05 

12.00 

"CCD-SCM" 

3/T ACAPO CUP

Porto 

3-0 

 17 Set. 05

16.15

"Juventude Unida" 

4/T ACAPO CUP

Porto 

4-0 

17 Set. 05 

18.15 

"Amigos FC" 

5/T ACAPO CUP 

Porto

3-3

27 Set. 05

23.00

“Enois05”

6/A

S. Mamede

3-2

04 Out. 05

23.00

"Tiagus"

7/A

S. Mamede

4-3

06 Out. 05 

23.00

"Amigos FC" 

8/Torneio Abertura  

Brás Oleiro 

7-5

08 Out. 05 

18.00

União Desp. Lanheses

9/A

Lanheses

5-4

11 Out. 05 

23 h.

R.E.F.

10/A

S. Mamede 

5-1

18 Out. 05  

23 h. 

Amigos FC

11/Torneio Abertura   

S. Mamede 

6-4

25 Out. 05   

21 h.

Reforços Inverno

12/Torneio Abertura

Porto

      6-4

31 Out. 05   

23 h.

Inter Desportivo

13/A

Leça do Balio

5-4 

07 Nov.05   

23 h. 

Reforços Inverno 

14/Torneio Abertura 

S.Mamede  

     6-3

15 Nov.05

21h. 

803 FC 

15/A 

Srª Hora 

     8-7

21 Nov05 

23.h 

AS4H 

16/Torneio Abertura 

Leça Balio 

     0-1

22 Nov05 

 23h.

Amigos Gatões 

 17/ A

S. Mamede 

     8-4

 29 Nov05

23h. 

AS4H 

18/Torneio Abertura

S. Mamede 

     2-2

06 Dez05 

23h. 

Porto Nobre 

19/ A. 

S. Mamede 

     9-3

10 Dez 05

15.00

Juventude

20/ Torneio Natal

Brás Oleiros

     1-1

10 Dez 05

16.00

VLX

21/ Torneio Natal

Brás Oleiros

     4-3

10 Dez 05

19.00

Piões Talaíde

22/ Torneio Natal

Brás Oleiros

     4-5

20 Dez 05

23.00

CabaSada

23/ A

S. Mamede

     3-5

 27 Dez 05

 23.00

ABB SQUADRA 

 24/A

S. Mamede 

3-3

 3 Jan 06

 23.00

 Porto Nobre

 25/Mini Liga

 Esc. A. Nobre

 3-1

 10 Jan 06

23:00 

Enois05 

26/Mini Liga 

S. Mamede 

 4-1

14 Jan 06

17:00

CT04

27/A

S. Mamede

5-2

17 Jan 06 

23:00 

Cabasada 

28/A 

 S. Mamede

 5-2

23 Jan 06 

 23:00

Juv. Unida 

29/Mini Liga 

Cohemato 

1-0 

29 Jan 06 

10:00 

Tranmere Vitoria FC 

30/A 

 S. Mamede

4-4 

31 Jan 06 

 23:00

Inter Desportivo 

 31/Mini Liga

S. Mamede 

3-3

4 Fev 06 

16:20 

Fc Esperança 

32/ Cir. Cidades 

Covilhã 

3-0 

4 Fev 06 

17:00 

Grupo do Destino 

33/ Cir. Cidades 

Covilhã 

3-0 

4 Fev 06 

17:30 

FLX 

34/ Cir. Cidades 

Covilhã 

2-1 

 4 Fev 06

 19:30

Under41 

35/ Cir. Cidades

 Covilhã

4-1 

8 Fev 06 

23:00 

 Reforços de Inverno

36/ Mini Liga 

 S. Mamede

 5-2

14 Fev 06 

 23:00

Os Sobrinhos 

 37/ A

 S. Mamede

6-3 

21 Fev 06

23:00

Amigos FC

38/Mini Liga

 S. Mamede

7-2 

6 Mar 06 

 23:00

 AS4H

39/ Mini Liga 

 Pav. Lionesa

3-3

14 Mar 06 

 23:00

Gaia United 

40/ A 

S. Mamede 

 5-2

17 Mar 06 

 23:00

Futpro 

41/A 

 Leça da Palmeira

13-3 

 21 Mar 06

 23:00

J04 

 42/Mini Liga

S. Mamede 

8-3 

28 Mar 06 

 23:00

 PORTONOBRE

43/Mini Liga 

S. Mamede 

6-5 

4 Abr 06

 23:00

 SÓJOVEM

44/A

S. Mamede 

3-1 

8 Abr 06 

15:00 

 Diabulos United

45/ 1ª fase FFA 

S. Mamede 

4-0 

8 Abr 06 

16:30 

 ENOIS05

46/1ª fase FFA 

S. Mamede 

0-0 

8 Abr 06 

17:30 

 GDCB

47/1ª fase FFA 

S. Mamede 

1-2 

 11 Abr 06

 23:00

 Tiagus

48/ A 

 S. Mamede

4-1 

21 Abr 06 

 23:00

 ENOIS05

49/ Mini Liga 

Leça da Palmeira 

7-0 

 28 Abr 06

23:00 

Bayern Monchique 

50/ A 

Leça da Palmeira 

5-2 

2 Mai 06 

23:00 

 Juventude

Unida

51/ Mini Liga 

S. Mamede 

3-1 

 9 Mai 06

23:00 

 Reforços de Inverno

 52/ Mini Liga

S. Mamede 

9-2 

16 Mai 

23:00 

 Inter Dsportivo

53/ Mini Liga 

S. Mamede 

 2-0

20 Mai

 12.00

Digesta 

54/ TNFFA 

Parceiros 

 5-1

 20 Mai

16.30 

 GDCB

55/ TNFFA 

Parceiros 

0-2 

 20 Mai

 19.30

Piões de Talaíde 

 56/ TNFFA 

 Parceiros 

3-2 

6 Jun 

23:00 

J04 

57/ Mini Liga 

S. Mamede 

 

8-1 

13 Jun 

23:00 

Bayern Monchique 

 58/ A

S. Mamede 

4-8 

22 Jun 

23.00 

Amigos FC 

 59/Mini Liga

 Brás Oleiros

4-0 

 5 Jul

23:00 

AS4H

 60/Mini Liga

 S. Mamede

 1-1

11 Jul 

 23:00

 Tiagus

61/ A 

S. Mamede 

 3-1

18 Jul 

23:00 

 Tiagus

62/A 

S. Mamede 

 5-5

26 Jul 

23:00 

Cabasada 

63/A 

Alfena 

3-3 

30 Jul

 11:00

Bola na Trave 

64/A 

Feira 

 4-2

azul - vitórias         verde - empates        vermelho - derrotas

DESCRIÇÃO E COMENTÁRIO DE CADA JOGO

 

 

64-  Bola na Trave V. 4-2    Feira 30 Jul. 06

Abel, ZM, TZ, JN(1), MM(1), DT, VG, SM(2)

4-0, 4-2

Jogo com uma envolvente festiva, miudos a aquecer antes do jogo, familias na bancada, festa preparada...mas apesar disso muita seriedade relativamente ao jogo, que foi um bom jogo, muito corecto de parte a parte, os BnT até começaram melhor, mais próximos da nossa baliza, mas o Abel manteve-a intacta nesse periodo inicial, depois começamos a pressionar mais em cima e conseguimos o 1º golo, o que foi importante, para melhor gerir o jogo, chegamos assim aos 4-0, mas depois sofremos a reacção do adversário. No fim grande clima, recebemos taça, agradecemos ao público, não tomamos ganho (não havia água)...foi directamente para o mar... e pronto fomos para a festa e que grande festa.

 

63-  Cabasada E. 3-3    S. Mamede 26 Jul. 06

HV, ZM, TZ, JN(2), MM(1), DT, VG(1)

Antes de mais o agradecimento pela forma como fomos recebidos em Alfena. Não que nos tenha surpreendido vindo desta equipa amiga, mas realce para a bela placa comemorativa do jogo que nos foi oferecida pelo Esguelha e Cª. Foi o terceiro encontro entre estas duas equipas nesta época: e acabou tudo empatado, num jogo de bastante qualidade apesar de se notar um pouco o final de época que vivemos: algumas ausências, pernas cansadas, mas ainda e sempre fome de bola e prazer de jogar. A nota geral foi de equilibrio, não estivemos bem, pouco inspirados numa partida bastante pensada mas sem muitas acelerações. No final, aceleramos...mas nos comes e bebes na D. Aida!

 

62-  Tiagus E. 5-5    S. Mamede 18 Jul. 06

HV, ZM, TZ(1), GC(1), MM(1), DT(2)

Jogo claramente marcado pela sentida ausência do cap. joão,e até começamos bem, mas depois deixamo-nos empatar - jogo muito bem disputado muito equilibrado até ao final, que acabamos por ter de recuperar por duas vezes.

 

61-  Tiagus V. 3-1    S. Mamede 11 Jul. 06

Abel, JN, TZ, GC(1), DT(2)

1-0, 1-1, 3-1

Mais uma boa formação desta equipa, que mantém sempre um óptimo nivel de jogo - este foi à moda antiga 5 contra 5 (não há cá substituições) e ainda por cima foi em ritmo muito elevado, por nossa responsabilidade, defendemos bem mais alto - destaque para o regresso do David e logo com dois golos. Em geral, apesar de alguma falta de lucidez muito por culpa do cansaço fisico, controlamos o jogo, não permitimos grandes abordagens à nossa baliza e acabamos por fazer algumas jogadas interessantes 

 

60-  AS4H E. 1-1    Mini Liga S. Mamede 5 Jul. 06

Abel, HV, JN(1), MM, TZ, VG, GC, SM, ZM

0-1, 1-1

Foi mesmo um grande jogo! O jogo de todas as decisões da Mini Liga 06 fez juz às expectativas e teve grande intensidade, qualidade e uma enorme correcçao de todos os intervenientes. O AS4H entrou com uma força e uma rapidez incríveis no jogo - e surpreendeu-nos com jogadas velozes e bem articuladas, conseguindo um golo logo nos primeiros minutos. Sabendo que esta equipa defende como poucas e joga muito bem no contra ataque era normal que se pensasse que esta vantagem pudesse ser eventualmente decisiva. Mas nós conseguimos reagir, equilibrar as operações e circular a bola um pouco melhor, tornando-nos também mais rápidos sobre a bola. O resultado disso foi o jogo subir de nível, intensidade e velocidade, surgindo também algumas boas oportunidades de golo - mais da nossa parte, mas com o Kako a defender ao seu nível habitual, ou seja, muitíssimo bem. O intervalo chegou com o jogo num ritmo forte e equilibrado, mas com o Portus a ter um pouco de ascendente e o AS4H a lançar perigosos contra ataques. Faltava-nos era pelo menos um golo para recuperar a liderança da MIni Liga. E esse tento surgiu logo no reinício do jogo, num lance de insistência, feliz é verdade, mas bem ilustrativo da garra com que encaramos esta segunda parte. Depois, tudo podia ter acontecido - houve situações e golo nas duas balizas, belos remates, grandes defesas, boas jogadas e cortes corajosos. Aguentamos o resultado e tornamo-nos assim campeões da Mini Liga06, com muito sofrimento, porque do outro lado esteve uma grande equipa que também seria um vencedor justo da prova (CAMPEÕES OLÉ!!!, CAMPEÕES OLÉ!!!)

 

59-  AMIGOS FC   V. 4-0    Mini Liga  Brás Oleiros 22 Jun.

AS, JN(2), GC (1), TZ, MM, VG, HV(1)

Foi um belo jogo, muito renhido (o resultado é portanto, nesse sentido, enganador) e disputado entre duas equipas que se muito bem se conhecem e respeitam. Como já é tradicional, os Amigos entraram melhor, mas a partir do momento em que o Portus consegue o golo inaugural passa a controlar melhor as operações e a gerir os tempos do jogo. Depois, com o 2-0, tudo ficou mais simples, até porque a defesa - e guarda-redes incluído - iam dando muito segurança. Na segunda parte, assistiu-se a uma valorosa e digna reacção dos Amigos, que subiram corajosamente no recinto, à procura de um golo que servisse de catapulta para a reviravolta. Mas mais uma vez fomos firmes e e com muita garra lá fomos evitando tal golo. E pouco a pouco reencontramo o equílibrio que nos permite boas trocas de bola e saída perigosas em contra-ataque - foi numa delas que se assistiu ao grande momento da noite: passe do "redes" Abel, Tozé toca de calcanhar (no ar) para Greg, que em corrida efectua um belo chapeu ao Ruben, guarda-redes dos Amigos. Um golo de bandeira!

 

58-  BAYERN MONCHIQUE D. 4-8    S. Mamede 13 Jun. 06

HV, JN(1), GC(1), VG, MM, TZ(2), DT

0-5, 1-5, 1-6, 2-6, ..., 4-7, 4-8

O Bayern entrou forte e nós entramos a "dormir": com belas jogadas e muitas trocas de posições conseguiram chegar ao 3-0 em poucos minutos e logo aí o jogo caiu para o seu lado. Ainda um pouco atordoados, lá conseguimos reagir, fazer mais pressão e criar algumas oportunidades de golo. Mas nessas situações, apanhamos pela frente um guarda-redes inspirado ou então era a nossa falta de inspiração geral que ia impedindo um golo (que poderia ser motivador). E no contra-ataque o Bayern ia matando ainda mais o jogo, perante o nosso desespero. Finalmente, lá conseguimos reduzir, e diminuir um pouco o fosso que já se anunciava no marcador. Mas para tal foi preciso lutar muito, o que é aliás imagem de marca da nossa equipa: mesmo quando tudo corre mal, quando a inspiração não surge e a sorte se mantém ausente, há que pelo menos estar disposto a lutar até ao fim, independentemente do resultado!...de resto bom espirito entre as equipas..aguardam-se mais episódios. 

 

57-  J04 V. 8-1    Mini Liga S. Mamede 6 Jun. 06

Abel, HV, JN(2), MM,(1), TZ(1), VG(1), GC(2), SM(1), ZM(adj.)

No regresso à Mini Liga e num jogo que acabava por poder vir a ter uma importância especial, no sentido de nos garantir o 1º lugar provisório da prova, mas que fica garantido até ao último jogo com os AS4H, fizemos um jogo muito bem conseguido, em particular na transposição de jogo, boa circulação, mas com muitas oportunidades perdidas. Mas desenganam-se os que pensarão que o jogo foi facil, basta dizer que ao intervalo estava apenas 1-0 e que a cerca de 10 minutos do fim estava 4-1, no entanto tivemos sempre o controlo do jogo.

 

56- PIÕES    V. 3-2   Apur. 3º lugar Taça dos Campeões TN FFA

Parceiros 20 Mai. 06

HV, JN, MM(1), GC(2), TZ, VG, SM

Neste terceiro jogo procurávamos garantir um honroso terceiro lugar na Taça dos Campeões e um lugar no pódio da Taça Nacional. Como adversários tínhamos os nossos velhos conhecidos Piões de Talaíde, uma equipa que conhecemos desde 2003 - desde a nossa primeira deslocação futebolística a Lisboa! E foi para nós um fim de prova em grande, apesar do cansaço que quase nos traía. Entramos em jogo com muita calma e tranquilidade, chegando ao 2-0, mas depois cedemos um pouco e permitimos o empate. Quando tudo se aprestava para os penaltis, num assomo final de força e vontade lá conseguimos o 3-2 numa altura em que os árbitros já se aprestavam para terminar a partida. Apesar di grande empenho dos Piões, parece-me que foi uma vitória justa, conseguida num jogo muito correcto e bem disputado.

 

55-  GDCB    D. 0-2   1/2 final Taça dos Campeões TN FFA

Parceiros 20 Mai. 06

HV, JN, ZM, MM, GC, TZ, VG, SM

Já havíamos defrontado esta equipa na primeira fase da taça Nacional FFA (derrota 1-2), pelo que sabíamos da árdua tarefa que nos esperava. E curiosamente até entramos bem, claramente melhor do que no primeiro jogo, dispostos a lutar até á exaustão. E a verdade é que tivemos algum ascendente inicial, sem no entanto criarmos muito perigo. E a primeira jogada de perigo do GDCB terminou com a bola na nossa baliza, na sequência de um canto. Claro que contra uma equipa desta qualidade e consistência sofrer um golo assim custa caro, ainda mais em jogos de 20 minutos. Souberam tirar partido da vantagem no marcador, defenderam bem, sairam em perigosos contra ataques e mereceram por completo a vitória final, apesar de a nossa garra e capacidade de luta ter justificado também um golo, que poderia ter funcionado como estímulo extra para ir atrás do empate. Mas na baliza estava um "gigante", que nos tirou várias vezes o pão da boca. Enfim, mais uma grande partida entre estas duas equipas, muito correcta e com um resultado final justo. Fica a nota para o facto de em 2006 termos apenas duas derrotas registadas e ambas perante o GDCB - vamos ter que fazer alguma coisa acerca disto... Preparem-se!!! De lamentar só a lesão do Zé, que torceu um pé e ficou KO por uns tempos. Esperamos que não seja muito grave.

 

54-  DIGESTA    V. 5-1    1/4 final Taça dos Campeões TN FFA

Parceiros 20 Mai. 06

HV, JN(1), ZM(1), GC(1), MM, VG(1), SM(1)

Nesta primeira partida não entramos nada bem e só nos últimos 5 minutos pudemos respirar fundo, embora sem nunca termos estado a perder. Marcamos primeiro, por volta dos 10 minutos, depois de termos tido algumas dificuldades com a criatividade de alguns elementos do Digesta e depois do 2-0 ainda consentimos o 2-1. Mas uma boa recta final permitiu-nos chegar aos 5-1, que terá sido castigo demasiado pesado para a malta do Digesta (que apenas tinham cinco jogadores disponíveis). Nota final para um grande golo do Zé Manel, num remate de longe.

53-  INTER DESPORTIVO V. 2-0    Mini Liga S. Mamede 16 Mai. 06

HV, JN, ZM, MM, TZ, VG(1), GC, SM(1)

Os nossos adversários entraram melhor no jogo, conseguiram criar algum perigo, graças a maior rapidez sobre a bola e a boas iniciativas individuais, no entanto conseguimos reagir e conseguimos chegar ao 1-0 (pelo Ginja) o que foi muito importante, que nos permitiu fazer um jogo mais realista, deixando a iniciativa de jogo para o Inter, sem nunca deixar de tentar o contra-ataque, o que veio a ser concretizado numa explendida jogada individual do Sebas, que fintou 3 adversários, incluindo o redes (bonito)...de resto muita consistencia defensiva  (o Inter acabou por provar o "próprio veneno" do jogo da 1ª fase em que nos imposeram um empate).

 

52-  REF. INVERNO V. 9-2    Mini Liga S. Mamede 9 Mai. 06

AS, HV(1), JN, ZM(1), MM(2), TZ(2), VG(1), GC(2)

5-0, 5-1, 9-2

Esta foi uma partida em que entramos muito bem, conseguindo pressionar o adversário, jogar no seu meio campo e fazer dois golos bastante cedo, o que tranquilizou a equipa e lhe permitiu gerir bem o resto do jogo, chegando ao intervalo a vencer por 5-0. Os Reforços, apesar de registarem algumas baixas importantes na sua equipa, nunca desistiram e tentaram lutar contra a corrente. Acabamos por fazer um jogo bastante conseguido, embora sem brilhantismo, principalmente porque faltou melhor circulação de bola. Realce para o aceitável poder de remate apresentado.

 

51-  JUV. UNIDA V. 3-1    Mini Liga S. Mamede 2 Mai. 06

AS, HV, JN, ZM, MM, TZ, VG, GC(2), auto(1)

2-0, 2-1, 3-1

No já considerado Clássico, e no 300º jogo das estatisticas disponiveis das últimas 5 épocas, até entramos bem, concentrados e com boas trocas de bola o que permitiu para além de inaugurar o marcador, mandar algumas bolas aos "ferros" (o que na contabilidade final foram 4 ou 5 (2 zé e 2/3 joão) !) Depois a Juventude ajustou marcações pressionou (bem) em cima e jogo tornou-se dificil, mantivemo-nos a defender bem, mas pioramos na saída para o ataque, muito por mérito dos nossos adversários, que não nos deixaram fazer o nosso jogo, e aqui destacou-se o Greg que voltou a conseguir rasgar e claro marcar. Estando a ganhar por 2-0, parecia que o mais dificil estava alcançado, mas quando sofremos o 2-1 voltou a emoção ao jogo, que ficou sentenciado com um auto golo já no final. De resto, jogo rasgadinho como de costume, mas como foi dito no final, com muito poucas faltas, mas as que foram, foram de qualidade, também nesse aspecto as equipas estiveram ao seu nível! 

 

50-  BAYERN MONCHIQUE V. 5-2    Leça da Palmeira 28 Abr. 06

AS, HV, JN(3), ZM, MM, TZ, VG(1), SM(1), GC(1)

2-0, 2-2, 5-2

No 50º jogo da época, foi jogado sempre num ritmo muito elevado, de forma rijinha, mas sem problemas, este foi um óptimo encontro entre duas equipas que já há muito desejavam ter a oportunidade de se defrontar. E valeu mesmo a pena. Começamos melhor, tivemos algumas boas oportunidades, mas demorou bastante até as materializarmos em golo, perante uma equipa bem organizada. Depois, na sequência de um certo ascendente, conseguimos dois golos que poderiam ter tranquilizado a equipa. Mas tal não aconteceu e foi a vez do Bayern traduzir o seu futebol bem organizado, sempre muito movimentado e cheio de genica, em dois golos que conduziram ao empate. Nessa altura, o jogo ficou ao rubro, e podia ter caído para qualquer dos lados. Felizmente, caiu para o nosso, graças a dois belos remates de longe que decidiram o vencedor final (em particular o golo “de outro mundo” do João, para que fique registado, um remate cruzado, com pouco ângulo, a bater na parte superior do poste esquerdo violentamente e a entrar- fantástico) , tendo ainda surgido um quinto golo, sobre a hora, que tornou o resultado (5-2) demasiado penalizador para o Bayern, que demonstrou ser uma bela equipa de futsal.

 

49-  ENOIS05 V. 7-0    Mini Liga Leça da Palmeira 21 Abr. 06

AS, HV(1), JN(2), ZM, MM, TZ(1), VG(1), SM(2), GC

7-0

Jogo dificil que conseguimos torna-lo "fácil", graças a uma excelente prestação de todos os jogadores (todos estavam em dia sim). Mais uma vez coesão defensiva, a começar no GR Abel, impecavel - ZERO golos diz tudo, seguida de uma boa circulação de bola, com jogadas rápidas de ataque - grande jogatana

 

 

48-  "Tiagus" V. 4-1    S. Mamede 4 Abr. 06

 HV, JN(3), ZM, MM, TZ(1), VG, SM, GC(les.)

1-0, 1-1, 4-1

Óptimo jogo treino, com (mais) uma equipa do Tiago com qualidade, e que teve a particularidade de nunca desistir, o que de facto fez-nos subir o nivel de exigência, em particular após o susto do 1-1. De lamentar as muitas oportunidades perdidas, de salientar algumas lindas jogadas, a boa exibição do Helder de regresso à baliza e ainda os 3 golos do João, o que felizmente não é tão anormal quanto isso (mas um dos quais foi um verdadeiro clássico, em termos de tabelinhas).

 

47-  GDCB D. 1-2    1ª Fase FFA S. Mamede 8 Abr. 06

AS, HV, JN(1), ZM, MM, TZ, VG, GC(les.), SM

0-1, 1-1, 1-2

Com o apuramento garantido, mas com um jogo há muito aguardado, não podemos evitar a primeira derrota de 2006, terminando uma série de 23 jogos invictos. Foi um bom jogo, equilibrado, falhamos um pouco na transição defesa-ataque, contra uma boa equipa, muito experiente e com bons mecanismos. Marcaram primeiro, mas respondemos logo a seguir, e acabamos por sofrer o segundo numa jogada estudada resultante de uma bola parada. Ficamos a aguardar a desforra para um dia destes. 

 

46-  ENOIS05 E. 0-0    1ª Fase FFA S. Mamede 8 Abr. 06

AS, HV, JN, ZM, MM, TZ, VG, GC(les.), SM

0-0

Num jogo claramente marcado pelo tipo, e importância, do torneio, em que dadas as dificuldades impostas pelo adversário (que tinha já feito um bom jogo anterior), fomos (in)conscientemente procurando mais evitar a derrota que garantir a vitória, o que acabou por condicionar para uma exibição menos conseguida, também devido ao facto da confirmação da impossibilidade por lesão do Greg, que na transição desfesa ataque tem de facto um papel muito importante. De qualquer forma este resultado acabou por ser muito positivo (entramos para o 3º jogo, com a equipa teoricamente, mais dificil já apurados). Esta partida marcou também um momento importante na carreira do Victor no Portus87, ao atingir os 100 jogos realizados com a camisola do clube, facto que ficou registado com a oferta de um tshirt alusiva...

 

45-  Diabolus United V. 4-0    1ª Fase FFA S. Mamede 8 Abr. 06

AS, HV, JN, ZM, MM(1), TZ, VG, GC(les.), SM(3)

4-0

Começamos bem o torneio de Apuramento do FFA, com uma boa circulação de bola acompanhada por uma grande coesão defensiva conseguimos um resultado confortavel, o que para um torneio deste tipo era crucial. Destaque ainda para os três golos do Sebas.

 

44-  SÓJOVEM V. 3-1    S. Mamede 4 Abr. 06

AS, HV, JN(1), ZM, MM, TZ, VG(1), GC, SM(1)

0-1, 3-1

Óptimo jogo treino, em que mais uma vez entramos a perder, mas acabamos por fazer uma exibição bem conseguida, contra uma equipa jovem mas com um fio de jogo impressionante. Conseguimos alcançar fases de jogo, com consistência, muito boa circulação de bola, mas falhamos na finalização. Em conclusão, bom jogo, a repetir a dose. 

 

43-  PORTONOBRE V. 6-5    Mini Liga S. Mamede 28 Mar. 06

HV, JN(1), ZM, MM(1), TZ, VG(1), GC(2), SM(1)

0-1, 1-1, 1-2, 4-2, 4-4, 5-4, 5-5, 6-5

O PortoNobre entrou bem no jogo a lidera o marcador por duas vezes (1-0 e 2-1). Depois, conseguimos finalmente pôr a bola a circular, e graças a boas jogadas de entendimento chegamos ao 4-2 já no início da segunda parte. Quando parecia que o jogo estava quase decidido - tivemos hipóteses de "matar o jogo" várias vezes - o Porto Nobre reagiu a preceito e alcançou por duas vezes o empate (4-4 e 5-5). O resto da história ficou a cargo do Greg, que a dois minutos do fim voltou a ser decisivo marcando o golo da vitória (6-5). Enfim, um jogo emocionante, de grande intensidade.

 

42-  J04 V. 8-3    Mini Liga S. Mamede 21 Mar. 06

HV, JN(1), ZM, MM(4), TZ, VG, GC(1), SM(2)

3-0, 3-1, 6-1,6-3, 8-3

Entramos bem neste jogo, marcando na 1ª jogada, através do Manel, que para além dos 4 golos fez uma excelente exibição (regista também bons niveis fisicos), o que facilitou e nos permitiu circular a bola fazendo que o J04 andasse atrás do prejuizo, o que nem sempre foi bem conseguido, mas fomos ampliando o resultado, até ao momento, na 2ª parte, que por alguma desconcentração, mas também mérito do Ja4, que lutou sempre, e até reduziu para 6-3, o que nos fez acordar e voltar a carregar no acelerador, e terminar bem o jogo, de resto, boa jogatana...e tudo calmo!

 

41- Futpro V.  13-3   Leça da Palmeira 17 Mar. 06

Abel, HV(1), JN(2), ZM, MM(3), TZ(2), VG(4), GC(1)

2-0, 2-2, 13-3

Jogo começou em ritmo "demasiado" de treino, conseguindo logo dois golos, o que "piorou" ainda mais a concentração, e sofremos assim uma boa reação dos nossos adversários, que com boas individualidades, mas notória falta de rotina, chegaram ao empate, o que finalmente nos despertou para uma melhor circulação de bola e concentração na finalização, área em que se destaca o "pé quente" do Vitor com 4 golos.

 

40- Gaia United V.  5-2   S. Mamede 14 Mar. 06

Abel, HV(2), JN, ZM, MM(1), TZ(1), VG, GC(1)

1-0, 1-1, 2-1, 2-2, 5-2

Jogo animado e correcto, em que o Gaia United entrou melhor (inclusive com 2 bolas ao poste), depois marcamos e jogo manteve-se dividido até ao 2-2. Graças a boas trocas de bola e ataques bem estruturados conseguimos distanciar-nos no marcador, tento ainda falhado algumas excelentes ocasiões, sempre com boa réplica do adversário, que mostrou bons valores, fair play e um enorme potencial de crescimento ("malta nova em inicio de carreira")

 

39- AS4H E. 3-3   Pav. Lionesa 6 Mar. 06

Abel, HV, JN, ZM, MM(1), TZ, VG, GC(1), SM(1)

0-3, 3-3

Jogo entre o 1º e 2º da Mini Liga 2006 como, e também do próprio ranking do FFA do mês de Fevereiro. Ou seja, um verdadeiro jogo em que se cumpriram as expectativas, com a partida a disputar-se com enorme intensidade, emoção e apesar disso com extrema correcção de parte a parte. O AS4H fez aquilo que habitualmente é fatal para as outras equipas: marcou primeiro! A partir daí estavam como queriam: a jogar em contra ataque, fechando todos os caminhos para a sua baliza com a sua bela prestação defensiva. Não negamos fogo e partimos para a pressão em todo o campo, pelo que o jogo se tornou ainda mais intenso. Mas com o GR do AS4H em bom plano na baliza adversária e alguma falta de discernimento no momento do remate, demos espaços atrás para o terrível contra ataque do AS4H que chegaram ao 3-0. Bem, as coisas complicavam-se seriamente. Mas como sempre, o Portus é antes quebrar que torcer, metemos os dois pivots simultaneamente e seja o que Deus quiser: pressão a todo o campo, lutar até à exaustão pela posse de bola e o que custa mais é o primeiro. Foi exactamente o que aconteceu: o 1-3 a cerca de oito minutos do fim deu-nos forças acrescidas e retirou tranquilidade ao AS4H, e a partir daí, faltavam meia dúzia de minutos para o fim, tomamos claramente conta do jogo, apesar do adversário continuar a criar-nos muitos problemas nos rápidos contra-ataques (grande Abel na baliza a salvar o golpe de misericórdia). O esforço e o sacrifício valeram ainda muito mais a pena porque conseguimos a três minutos do fim o empate, num grande golo do Greg. Depois, claramente, as duas equipas recearam perder o jogo, e embora ainda surgisse uma oportunidade em cada baliza, o resultado ajusta-se ao que se passou em campo.

 

Sobre este jogo houve um comentário, do Nando do Inter, que merece destaque:

“O jogo de ontem entre o AS4H e o Portus é o "nosso" Chelsea Vs. Barcelona, mas na versão recomendável para todas as idades, ou seja com Fair Play.
O AS4H é o Chlesea com o seu jogo consistente, certeiro, manhoso, mas que me desculpe o meu amigo Kako, não tão espectacular, envolvente como o do Portus87, o nosso Barça!!! Uma equipa que envolve, entusiasma, pressiona e como mais uma vez ficou provado que nunca desiste. É uma das características que mais aprecio no Portus: acreditam sempre que são capazes mesmo estando a perder como aliás também aconteceu connosco.”

 

38- AMIGOS FC V. 7-2    S. Mamede 21 Fev. 06

HV, JN(1), ZM, MM(1), TZ, VG, GC(4), SM(1)

3-0, 3-1, 7-1,7-2

Entramos forte neste jogo e com uma eficácia pouco normal, mantendo o muito rigor a defender e a precisão do passe no ataque, e os golos foram aparecendo, com destaque para o Greg com 4 golos e uma excelente exibição, aliás o que foi extensivel a toda a equipa (incluindo o redes Helder, muito seguro e rápida nas saídas), o que, esta uniformidade, terá sido um aspecto chave, para furar a anterior melhor defesa do campeonato, apenas com 2 golos sofridos em 5 jogos, o que realça ainda mais o nosso dia "SIM". Um palavra final para os Amigos, que o são de facto, sempre com uma postura correctissima, o que torna estes jogos para além de bem jogados, não ocorra qualquer questão, outras oportunidades surgirão certamente em breve. 

 

37- OS SOBRINHOS V. 6-3    S. Mamede 14 Fev. 06

Abel, HV(1), JN , ZM, MM(3), VG(1), GC(1),

5-0, 5-2, 6-2,6-3

Jogo treino exigente, que demonstrou o excelente momento de forma do Portus, perante uma equipa com bons elementos individuais, mas infelizmente dados a vedetismos desnecessários...Enfim...

Fizemos um jogo muito sério, quase sempre muito concentrados, com boa circulação de bolas e trocas constantes de posições, chegando ao 5-0 graças também à inspiração goleadora do nosso sempre jovem Manel. Depois perdemos um pouco a concentração e permitimos que o adversário reduzisse a diferença.

 

 

36- REF. INVERNO V. 5-2   Mini Liga S. Mamede 8 Fev. 06

HV, JN , ZM, MM(1), TZ, VG(1), GC, SM(3)

0-2, 5-2

Mais uma vez, na Mini Liga, onde os jogos são cada vez mais tipicos de campeonato, começamos os jogos mal, a perder oportunidades e sofrer golos "estranhos", e desta vez 2, mas mais uma vez conseguimos dar a volta à situação, com muito esforço, suor e dedicação -  a destacar a excelente exibição (e 3 golos!) do puto Sebas, como alguém o chamava, apenas em termos relativos aos outros membros da equipa, e o regresso, muito aguardado, dos golos do Vitor e já agora o portero Helder continua a justificar a aposta.

 

35- UNDER41 V. 2-1   Cir, Cidades Covilhã 4 Fev. 06

HV, JN (1), ZM, MM(1), TZ(1), VG, GC(1)

4-0, 4-1

O nosso melhor jogo surgiu quando era mais necessário: na final. Um jogo aguardado com grande expectativa já que se defrontavam as equipas que lideravam o Ranking do Circuito das Cidades e que ainda por cima têm uma longa história de jogos (a mais antiga do FFA, note-se que Portus e Under já jogam entre si desde 1996 - 10 anos!!!!!!). Isto implica, claro, também uma forte rivalidade que torna sempre estes jogos bem quentinhos...
Entramos novamente em grande e fizemos dois golos madrugadores que, em torneios deste género (partidas de 20 minutos), são habitualmente decisivos. Foi o que aconteceu, com o Portus a gerir a vantagem, desta feita de forma perfeita, com uma concentração assinalável e a entreajuda que nos caracteriza, chegando ao 4-0. O Under, que nunca desistiu de lutar, reduziu perto do fim.

 

34- FLX V. 2-1   Cir, Cidades Covilhã 4 Fev. 06

HV, JN (1), ZM, MM, TZ, VG, GC(1)

2-0, 2-1

Conseguimos surpreender o adversário com uma entrada forte que nos valeu 2 golos de avanço. Infelizmente não fomos muito inspirados na gestão do restante tempo de jogo e sofremos a bom sofrer para aguentar a pressão de um FLX em crescendo, lutando com todas as suas forças para nos inflingir a primeira derrota em encontros entre estas duas equipas. Ainda para mais só a vitória lhes servia, com o empate a bastar-nos para chegarmos á final. Entre alguma sorte e boas defesas do redes Hélder, lá nos aguentamos com o 2-1, sendo que sabíamos que o empate ainda nos servia...

 

33- Grupo do Destino V. 3-0   Cir, Cidades Covilhã 4 Fev. 06

HV, JN, ZM, MM(1), TZ, VG, GC(1), auto(1)

No segundo jogo, voltamos a ser comedidos - afinal eram 4 jogos - e repetimos o resultado e a exibição q.b., defendendo bem, mas algo desplicentes na concretização. E continuávamos sem sofrer golos. Neste jogo, assinalou-se o 100º jogo seguido do capitão João Nuno (uma série iniciada, no Monte, em 24 de setembro de 2004, e que já passou por muito lado (Alcanena, Foz (Galiza), Montecosaro (Itália)....) - Fantástico!

 

32- FC Esperança V. 3-0   Cir, Cidades Covilhã 4 Fev. 06

HV, JN (1), ZM(1), MM(1), TZ, VG, GC

Entramos muito bem - com um grande tiro do Zé Manel - e assim simplificamos uma tarefa que podia ter sido mais árdua. Depois gerimos o esforço e o jogo e, sem jogar bem, atingimos o 3-0 final.

 

31- INTER DESPORTIVO E. 3-3   S. Mamede 31 Jan. 06

Abel, HV, JN (1), ZM, MM(1), TZ(1), VG, GC

1-0, 1-2, 3-2, 3-3

Jogo típico de campeonato, muito fechado e muito táctico, deram-nos a iniciativa do jogo, atacamos muito, nem sempre bem, mas o Inter defendeu muito bem. Até começamos bem, a ganhar, mas permitimos a reviravolta do resultado (até ao intervalo), e a partir de aí foi muito complicado... e depois de muito trabalho e ansiedade, quando finalmente, mesmo no fim, voltamos o resultado a nosso favor, na última jogada do encontro sofremos um golo "estranhissimo"... futebol é mesmo assim!

 

30- TRANMERE VITORIA FC E. 4-4   S. Mamede 29 Jan. 06

Abel, HV, JN(1), ZM, MM(1), TZ, VG, GC(1), SB(1)

2-0, 2-1, 3-1, 3-4, 4-4

Fantástico 30º jogo da época, contra os antigos (2003) campeões ingleses, plantel (quase) completo, o Portus na máxima força, muita motivação e expectativa, só podia resultar numa verdadeiramente grande exibição que permitiu um resultado fantástico... exibição consistente (de todos), defesa muito coesa, muito graças ao Abel, (contra), ataque bem organizado, grandes golos.... simplesmente MARAVILHA!, uma palavra ainda para os ingleses, uma postura correctissima, sem brincarem no serviço (apreciamos muito isso). Soubemos que esta equipa posteriormente perderam com o Sporting (lider da 1ª div.) por 1-5). Grande Domingo! que vai fica na nossa memória... depos claro, é o tradicional acolhimento... ver reportagem

 

29- JUV. UNIDA V. 1-0   Cohemato 23 Jan. 06

HV, JN, ZM, MM, TZ, VG, GC(1)

1-0

Um verdadeiro derby, muito conhecimento mutuo, muito estudo prévio, muitos cuidados, muita concentração, resultado um jogo muito fechado, poucos espaços, de cortar a respiração... e claro durinho (mas qb!) ... efectivamente na 2ª parte, fomos um pouco melhores, mais pressionantes, especialmente mais encima, julgo que estivemos mais perto...e acabamos por ser premiados, no último minuto, com um golo do Greg, que foi merecido porque foi ele que o mais procurou. Uma nota final, para o excelente regresso do Helder à baliza. Ah!, é verdade, na famosa terceira parte não dêmos qualquer hipotese, apesar da luta do André! 

 

 

28- Cabasada V. 5-2   S. Mamede 17 Jan. 06

Abel JN (1), ZM, MM, TZ(1), VG, GC(2), HV(1)

1-0, 1-5, 5-2

Mais uma vez, começar o jogo a perder e depois ter de dar a volta ao resultado...tal como aconteceu nos últimos jogos. Excelente jogo, competitivo, bem jogado, o Portus87 fez um bom jogo, começando por desperdiçar algumas oportunidades e os Cabasada a defenderem bem (a "suarem" bem os equipamentos novos), em particular o seu guarda redes, mas "tantas vezes o cantaro vai à fonte, que..." e os golos foram aparecendo, resultantes de bons entendimentos com desmarcações a preceito (graças a jogarmos juntos "à muito ano!")

 

27- CT04 V. 5-2   S. Mamede 14 Jan. 06

RC, JN (2), ZM, MM(1), TZ, VG, GC, SM(1), auto(1)

1-0, 1-2, 5-2

Jogo agendado em cima do joelho, mas desde logo agradecemos a disponibilidade demonstrada pelos CT04. Jogo muito equilibrado, em que o Portus87 marcou primeiro, mas permitiu a reviravolta do marcador para 1-2, mas depois conseguimos arrancar para uma boa exibição, com boas trocas de bola, que permitiram chegar ao resultado final de 5-2, apesar da boa oposição do CT04. Destaque para mais dois golos do capitão JN, o último, resultado de uma jogada muito bonita do SM e GC, e a propósito desses dois senhores, fizeram ambos um jogo muito bem conseguido, em particular na construção ofensiva.

 

26- ENOIS05 V. 4-1   S. Mamede 10 Jan. 06

Abel, HV, JN (1), ZM, MM, TZ(2), VG, GC, SM, auto(1)

0-1, 4-1

Jogo muito bem disputado, em que a equipa do Enois05 nos complicou muito a vida, em particular, na primeira parte, conforme demonstra o resultado de 0-1. Na segunda parte, o Portus87 conseguiu dar a volta ao resultado, graças a uma melhor circulação de bola, e claro, não falhar no momento da verdade, como tinha acontecido no 1º tempo. De realçar a postura da equipa do Enois05 que pressiou sempre muito, demonstrou bons valores individuais, lutaram até ao fim, tentando pressionar mais alto, o que acabou por nos permitir, no contra-ataque ampliar o resultado - em resumo, um verdadeiro jogo de Mini Liga, bom futsal, bola a rolar...sem problemas. 

 

25- PORTO NOBRE  V. 3-1   Esc. Ant. Nobre 3 Jan. 06

Abel, HV, JN (2), ZM(1), MM, TZ, VG, GC

1-0, 1-1, 3-1

O jogo disputado na escola António Nobre (de alguma forma um regresso ao passado, jogamos muito no campo de fora, mas foi a primeira vez no pavilhão) foi mesmo uma partida de campeonato: rijamente disputada, muito empenho das duas equipas, o resultado incerto até final. Duro, mas leal, com as duas equipas a tentarem tudo para alcançar a vitória. Para o Portus foi uma entrada em cena bem difícil mas muito positiva. Começamos o jogo por cima, fizemos o 1-0, tivemos várias oportunidades para chegar aos dois golos de vantagem, mas depois o PN conseguiu empatar e teve hipótese de atingir o intervalo a ganhar. Aí o Abel foi providencial. No início da segunda parte, voltamos a entrar bem, mais fortes, a pressionar o adversário e tivemos nesta altura dois remates aos postes (JN, VG). Não entraram e o PN conseguia assustar em rápidos contra-ataques. Foi nesta toada que se entrou nos últimos 10 minutos, em que conseguimos finalmente ganhar vantagem, fruto da tradicional garra, resultando em maior pressão sobre o adversário, chegando ao 3-1 final, de destacar ainda, a continuada veia goleadora, e não só, do capitão João e o belo golo do Zé, que deu tranquilidade (festejado com a tradicional “peitada” com o Greg!).

 

24- ABB SQUADRA   e. 3-3   S. Mamede  27 Dez. 05

Abel, HV, JN (2), ZM, MM, TZ(1), VG, GC

0-3, 3-3

Excelente jogo, para encerrar o ano de 2005, perante uma equipa com excelentes valores individuais (prova disso foi o fantástico 3º golo), com resultado final de empate a 3-3, mas valorizado por uma também fantástica recuperação de um resultado desfavoravel de 0-3, e que acabou por ser justo, mais inspiração, do lado do ABB, mais transpiração, do Portus, que é efectivamente uma imagem de marca (que prevalece ao longo dos 18 anos de serviço). Destaque ainda para a exibição dos dois Guarda Redes, a defenderem (quase) tudo e ao nosso velhinho "querer" que faz maravilhas...Em resumo, bom espírito, bola sempre a rolar, bom futsal, ou seja, experiência a repetir, agora no terreno do adversário.

 

 

23- CabaSada   d. 3-5   S. Mamede  20 Dez. 05

HV, JN (1), ZM, MM, DT(1), VG(1)

0-1, 3-1, 3-5

Não fizemos um bom jogo, muito pelo contrário - estamos a passar agora pelo momento menos conseguido da época até esta altura - mas o adversário soube muito bem aproveitar as nossas hesitações e baseando-se na exibição brilhante do seu guarda-redes conseguiu um excelente final de encontro.
A correcção imperou durante todo o jogo pelo que ficamos á espera de poder voltar a enfrentar esta equipa em breve (até porque queremos a desforra!)

 

22- Piões de Talaíde    d. 4-5  Torneio Natal 2005  Brás Oleiros 10 Dez. 05

HV, JN(2), ZM, MM(1), GC, TZ(1), VG

1-0, 1-1, 1-4, 3-4, 3-5, 4-5

Disse-o logo na altura: este foi um dos melhores torneios de um dia em que tive a ocasião de participar. Emoção a rodos, muita camaradagem, equilíbrio feroz (basta ver que o VLX esteve a segundos da final e acabou no último lugar!). E este jogo da final condensou todas essas características.

Denotando algum cansaço, chegamos a estar a ser goleados por 4-1 por uns Piões em grande forma. Mas nunca desistimos (como é nossa imagem de marca!) e fomos atrás dos resultados e isso só nos pode orgulhar. Enquanto as pernas deixarem vai ser sempre assim. E espero que com estas equipas que vieram ao nosso torneio por perto porque este grupo de pessoal é precioso. Parabêns finais para os Piões, que bem mereceram o triunfo pelo que fizeram neste maravilhoso sábado à tarde!
 

21- VLX    v. 4-3  Torneio Natal 2005  Brás Oleiros 10 Dez. 05

HV, JN, ZM, MM(2), GC (2), VG, TZ

1-0, 1-1, 2-1, 2-3, 4-3

Um jogo de loucos, sempre em ritmo acelerado e com muitas alternâncias na liderança do marcador. Permitimos que o VLX virasse para 3-2 e estivemos mais do que eliminados da final, já que nem o empate nos chegava. Mas fizemos das tripos coração e nos dois minutos finais demos a volta ao resultado, com o Greg a demonstrar nervos de aço no penalty (bem) apontado no derradeiro minuto. Depois de muito sofrer, estávamos na final.

 

20- Juventude Unida e. 1-1  Torneio Natal 2005  Brás Oleiros 10 Dez. 05

HV, JN, ZM, MM, GC, VG (1)

0-1, 1-1

Difícil início de torneio (como de costume no Portus87) num jogo complicado contra uma equipa da JU completa e motivada que nos deu muito trabalho. A partida podia ter caído para qualquer dos lados, mas tivemos que ser cautelosos na parte final porque a JU já tinha um ponto...

 

19- Porto Nobre   v. 9-3   S. Mamede   06 Dez. 05

Abel, JN (6), ZM, MM(1), GC(2), VG, TZ

3-0, 3-2, 4-2, 4-3, 9-3

Óptimo jogo treino, disputado em excelente ambiente e com muita correcção frente ao Porto Nobre, uma jovem equipa em formação, que tem tudo para singrar no FFA.
Começamos muito bem, a defender com rigor e a sair bem para o ataque, de forma rápida, chegando depressa aos 3-0. Depois, o adversário conseguiu maior coesão e circulação de bola e assistiu-se a um período bastante equilibrado, com o marcador a mudar muitas vezes até ao 4-3, numa fase em que perdemos o domínio das operações e houve muita precipitação quando na posse de bola, defendendo também mal. A partir daí voltamos a controlar o jogo e a dispôr de muitas oportunidades até ao 9-3 final. Destaque merecido para a veia goleadora do "capitão" JN.


 

18 - AS4H    e. 2-2   S. Mamede 2ª mão final Torneio Abertura    29 Nov. 2005

Abel, JN(1), ZM, GC, NP, MM(1), VG, TZ, HV
A partida começou com muitas cautelas. Não quisemos arriscar uma entrada em força e jogamos um jogo de paciência, porque conhecemos a capacidade defensiva e de contra ataque do adversário. Mas com muita calma lá conseguimos chegar ao golo do "empate", antes do intervalo. Tudo voltava ao princípio, ou quase, porque o facto de não termos marcado "fora" funcionava contra nós. E a verdade é que isso foi decisivo: o AS4H reiniciou o jogo com um golo (1-1), o que nos obrigava a marcar, pelo menos, mais dois.
Após um período de alguma instabilidade. lançamo-nos então num ataque desenfreado, marcação a todo o campo, enfim, o tudo por tudo que durou uns bons quinze minutos e que tornou o jogo completamente louco e emocionante, até porque o AS4H não deixava de contra-atacar com perigo.
Mais uma vez a actuação do Tiago na baliza do AS4H foi fundamental, com várias defesas excelentes, a evitar o golo. Não desistimos e já perto do fim fizemos o 2-1. Faltava apenas um golo. Aí foi arriscar tudo, guarda-redes a jogar no meio campo adversário, ainda uma ocasião ou outra de golo, mas mesmo no finzinho, uma perda de bola permitiu o golo de empate do AS4H com um remate de trás do meio campo aproveitando o adiantamento do guarda redes. Estava tudo decidido e resta-nos dar os parabéns ao adversário que realizou dois bons jogos e mostrou as suas credenciais de equipa muito coesa e inteligente. Voltamos a ver-nos no Campeonato!

17- Amigos de Gatões  v. 8-4   S. Mamede   22 Nov.05

JN, ZM, HV(3), MM(3), DT(1) TZ, SM(1)

3-0, 3-1, 41, 4-2, 5-2, 5-3, 7-3, 7-4, 8-4

Um bom treino que serviu como resposta rápida e incisiva à primeira derrota da época. Bons movimentos de ataque, golos bonitos (mas imensas situações de concretização falhadas!) e a equipa a provar a sua saúde física e mental actual.

 

16 - AS4H    d. 0-1   Leça do Balio  1ª mão final Torneio Abertura    21 Nov. 2005

RC, JN, ZM, GC, MM,VG, TZ, NP

E pela primeira vez nesta época perdemos! Algum dia tinha que ser, mas custou que fosse desta forma, ou seja, apenas sofrendo um golo. Foi um jogo excelente em todos os aspectos (só faltaram mais golos, que podiam muito bem ter acontecido, não fosse alguma azelhice dos avançados das duas equipas, assim como boas exibições dos guarda-redes, com destaque para o Tiago na baliza do AS4H. Começamos um pouco adormecidos e sofremos o golo cedo, o que não ajudou para assentarmos o jogo de equipa. Mas fomos criando boas ocasiões de golo, principlamente no fim das duas partes, em que atacamos em massa.
Registe-se a muita correcção de parte a parte, respeito pelos árbitros improvisados, muita emoção, bastante qualidade e enfim, bom futsal durante 40 minutos.
Agora, faltam os segundo 40 minutos, que prometem ser ainda melhores. O AS4H parte com vantagem (ainda para mais sem ter sofrido golos em casa) mas em futsal um golo de diferença é muito pouco.

 

15 - 803 FC   v. 8-7   Srª Hora     15 Nov. 2005

HV, JN(3), ZM, GC (1), MM(1), TZ, NP (2), VG

0-2, 1-2, 1-3, 2-3, 2-4, 7-4, 7-7, 8-7

Um bom treino com os nossos amigos 803 da aventura italiana de Junho passado. Assim se mataram saudade e se realizou um bom apronto. Na primeira parte a excelente circulação de bola  do adversário fez mossa na nossa equipa, que jogou muito longe a da área adversária. O resultado de 2-4 era normal, então. No segundo período (que foi mais extenso, cerca de 30 minutos), o 803 passou a jogar com guarda-redes avançado, o que se compreende por se tratar de um treino, mas que retirou competitividade ao mesmo, possibilitando-nos defender muito fechados em quadrado, e marcar golos em remates de longe e contra ataques rápidos. O final do jogo foi emocionante, com o golo da vitória a surgir após um canto, no último minuto.

 

 

14 - Reforços de Inverno   v. 6-3   S. Mamede 2ª mão  1/2 final Torneio Abertura    7 Nov. 2005

Abel, JN(1), ZM, GC, MM(1),VG(1), TZ, NP (2), HV(1)

0-1, 1-1, 1-2, 6-2, 6-3

Mais um bom jogo em S. Mamede, entre duas equipas que realizaram uma óptima ronda das meias finais do Torneio Abertura, com bom futsal e excelente ambiente e total correcção de parte a parte.
Nesta segunda partida, entramos muito mal, tentando surpreender o adversário com uma estratégia que não nos é habitual - a pressão no campo todo - e quem saiu surpeendido fomos nós, já que os Reforços adaptaram-se bem e chegaram ao intervalo a vencer por 2-1.
Na segunda parte tudo foi diferente: voltamos ao nosso sistema tradicional e os resultados apareceram, virando o marcador de 1-2 para 6-2. Até ao final do jogo, controlamos as operações, apesar de mais um golo dos adversários, que neste jogo de novo confirmaram serem uma equipa em crescimento. 


 

13 - Inter Desportivo  v. 5-4    Leça do Balio 31  Out.05

Abel, JN(3), ZM, GC, NP (1), VG(1)

1-0, 1-2, 3-2, 3-3, 5-3, 5-4

Que belo jogo treino:animação, bons golos, total correcção e emoção até ao fim.

Ainda no período de estudo inicial, marcamos primeiro e o jogo parecia pender para o nosso lado. Mas o Inter, que provou ser uma bela equipa, recheada de excelentes jogadores, reagiu muito bem e deu a volta ao marcador e o jogo entrou num ritmo vivíssimo. Apesar dos muitos golos falhados, prinncipalmente do nosso lado), insistimos e chegamos ao 3-2, para logo a seguir sofrermos o 3-3. O jogo nessa altura podia ter caído para qualquer dos lados, mas veio ao de cima a nossa experiência e algum cansaço do Inter (sem suplentes) e conseguimos o que parecia um avanço irreversível : 5-3. Apesar disso, o adversário fez das tripas coração e ainda reduziu para 5-4 nunca desistindo, até ao fim do jogo, de tentar o empate, que também seria um resultado justo, embora nos possamos queixar de algum azar nesta partida - nada mais nada menos de 5 bolas aos postes em remates que pareciam de golo feito!


 

12 - Reforços de Inverno   v. 6-4    Porto  1ª mão 1/2 f. Torneio Abertura    25  Out. 2005

HV, JN(1), ZM, VG, SM(2), NP (3), MM

1-0, 1-1, 3-1, 3-2, 4-2, 4-3, 6-3, 6-4

Um bom jogo, equilibrado, em que estivémos quase sempre na frente do marcador, mas cujo resultado final deixa tudo em aberto para a segunda mão. Até porque os Reforços de Inverno estão a demonstrar estar a evoluir muito como equipa. Desta vez não conseguimos praticar um futebol tão consistente como tem acontecido recentemente, mas mostramos uma boa eficácia na concretização, o que até não é muito habitual. Destaque para o bom entendimento atacante entre SM e NP.
Apesar da vantagem de termos marcado seis golos "fora" nada está decidido e vai ser com certeza uma segunda mão muito disputada, agora em nossa casa.

 

11 - Amigos FC   v. 6-4    S. Mamede,   1/4 f. Torneio Abertura    18  Out. 2005

HV, JN(2), ZM(1), GC(1), NP (2), MM, VG

0-1, 6-1, 6-4

Este PORTUS-AMIGOS já se vai tornando num clássico, dado que se marcam sempre muitos golos e pratica futsal de ataque. Em dois jogos 13-9, felizmente a nosso favor, sempre com os Amigos a mostrarem um espírito de luta assinalável.
Neste segunda partida, o golo inicial dos visitantes veio dar maior emoção à eliminatória, mas nós soubemos reagir com muita maturidade e assegurar praticamente o apuramento até ao intervalo, fazendo três golos, todos eles bonitos e jogando um futsal rápido e eficaz.
Na segunda parte, aproveitando algum desespero contrário, chegamos aos 6-1, através de contra ataque bem delineados, mas aí viu-se a raça dos Amigos, que reagiram e ainda foram até aos 6-4.
Referência final para o excelente convívio entre os elementos das duas equipas no Café Conde, após a partida, com muita cervejinha e os comes da praxe, as histórias e conversas da bola do costume e muito boa disposição. 

 

10 - R.E.F.   v. 5-1    S. Mamede,   11  Out. 2005

JN(1), ZM(1), DT(1), MM, HV(2)

1-0, 1-1, 5-1
O Portus87 não pára em semana de festejos e mesmo apenas com 5 elementos presentes houve lugar a um bom jogo treino, sem grandes acelerações mas com boa exibição colectiva baseado num jogo apoiado de razoável circulação de bola.

 

9 - União desp. Lanheses v. 5-4  Lanheses 08 Out. 2005

RC, JN(1), ZM, NP(1), VG, MM(2), HV, GC

0-1, 1-1, 1-2,3-2, 3-3, 5-3, 5-4
As celebrações dos 18 anos do Portus não podiam começar melhor: convidados pelo União Desportiva de Lanheses (Viana do Castelo), para a apresentação da equipa de futsal (que participa no Distrital de Viana) aos seus sócios, lá fomos curtir para a zona do belo "verde tinto"!
Felizes por tal convite, mas pouco convencidos a fazer papel de corpo presente, arrancamos boa exibição, lutamos empenhadamente e viemos de lá com uma bela vitória (5-4) sobre uma equipa que tem material humano para fazer boa figura em qualquer prova. A festa foi bonita - houve apresentação individual dos jogadores da "casa" ao público, "confetis" e muita gente na bancada, e ainda um excelente lanche no fim da partida (óptimos rojões, moelas, etc, bem regadas com um verde tinto de "estalo") com o pessoal todo a confraternizar e a recuperar do esforço de 50 minutos de jogo intenso e correcto.

 

8 - Amigos FC    v. 7-5  Brás Oleiro  06 Out. 2005

HV, JN(3), ZM, NP(3), VG(1), MM, DT

0-4, 2-4, 2-5, 3-5, 3-6, 4-6, 4-7, 5-7

Que noite para o PORTUS87! Um excelente jogo de futsal (como têm sido sempre os jogos com os Amigos), uma grande exibição (que na primeira parte foi quase perfeita), um bom resultado obtido "fora" (mas que deixa tudo em aberto para a partida em nossa casa) e ainda a felicidade do nascimento de mais um "reforço" do clube, o João, segundo rebento do Tó Zé e da Sofia (isto é que é trabalhar para o futuro do Portus!).

Voltando ao jogo:entramos de forma muito concentrada e rigorosa na partida, controlando as operações em absoluto, defendendo com união e saindo para o ataque sempre em apoio e velocidade. Resultado: 4-0 no fim da 1ª parte e ainda alguns golos falhados. Na 2ª parte, a reacção valorosa dos Amigos (nunca desistiram!) reduziu a vantagem para 4-2 e abanámos um pouco. No entanto, o Mister geriu bem a situação, pediu um time-out e conseguimos recuperar a calma e o bom jogo. A partir daí parecia um encontro de hoquei em patins, ao gosto de Co Adrianse, golo cá, golo lá. Registo final para o óptimo ambiente vivido entre as duas equipas, pleno de fair-play e camaradagem que se estendeu ao café Barcarola, onde os "príncipes" substituiram a bola. Uma bela noite!

 

7 - Tiagus    v. 4-2  S. Mamede 04 Out. 2005

HV, JN(2), ZM, NP, VG(1), MM(1)

1-0, 1-1, 3-1, 3-3, 4-3

Afinal, e felizmente, a despedida da nossa "casa" de S. Mamede foi mais do que temporária e uma semana depois do "adeus" já lá estávamos outra vez a curtir... Apesar da vitória, muito suada, voltamos a jogar malzote (para não ser muito crítico), denotando enorme falta de circulação de bola e velocidade, e necessitando de recorrer ao habitual suplemento de esforço e garra para assegurar a vantagem final sobre um adversário que compensou algumas debilidades técnicas com muita vontade e boa condição física. Mas como diz o Mister nestas circunstâncias, após o jogo: "ssshhhhh...********!"

 

6 - Enois05    v. 3-2  S. Mamede  27 Set. 2005

Abel, HV, JN(1), ZM, NP(1), VG, DT(1)

1-0, 1-1, 3-1, 3-2

Não sei se foi a emoção da despedida (esperamos que temporária...) da nossa "casa" de S. Mamede a toldar a razão mas a verdade é que fizemos um jogo bastante pouco conseguido, para o que contribuiu também a qualidade dos jogadores adversários, que mostraram ter potencial para construir uma óptima equipa e fazer figura na Mini Liga. Atacando de forma atabalhoada e defendendo mal, valeu-nos mais uma exibição em grande do nosso guarda-redes, Abel, em noite de luxo. Claro que não faltou à equipa a garra do costume, até porque ganhar neste último jogo em casa era uma questão de honra. De referir ainda que o jogo decorreu em clima de grande correcção, de parte a parte.

 

5 - Amigos FC    e. 3-3    Porto    ACAPO cup 

17 Set. 2005

HV, JN(2), ZM, TZ, NP(1), Francisco

2-0, 2-3, 3-3

Tendo em conta os resultados anteriores deste torneio "todos contra todos", esta partida assumia carácter de verdadeira final, embora Os Amigos partissem com a vantagem de ter melhor goal average do que nós, o que os favoreceria em caso de empate. O mínimo que se pode dizer é que este foi um grande jogo de futsal, disputado com intensidade e emotividade durante 30 minutos, com todo o empenhamento e correcção por parte de duas equipas que apenas quiseram jogar para ganhar. Apesar de termos começado melhor, com uma organização perfeita na defesa e saindo bem no contra golpe (chegando a 2-0), o nosso valoroso adversário reagiu bem, conseguindo chegar ao empate (2-2). Depois a partida podia ter caído para qualquer dos dois lados (tivemos o azar de enviar duas bolas ao poste nesta altura), mas os Amigos adiantaram-se e para nós já só deu para chegar ao merecido empate, mesmo sobre a hora. Foi, no fundo, o resultado mais justo.

 

4 - Juventude Unida    v. 4-0    Porto    ACAPO cup 

17 Set. 2005

HV, JN(1), ZM(1), TZ, GC, Francisco

Com duas novidades na equipa (mas sempre com seis jogadores apenas) demonstramos nesta partida como se pode fazer um jogo seguro, equilibrado, defendendo bem e saindo para o ataque com qualidade de passe e de entendimento colectivo. Os nossos amigos da JU lutaram muito, como sempre fazem, mas desta vez estivemos realmente fortes e até podíamos ter marcado mais goslos, apesar de o nosso adversário também ter merecido fazer o gosto ao pé.

 

3 - CCD-SCM    v. 3-0   Porto   ACAPO FUTSAL CUP  

17 Set. 2005

RC, JN, ZM, NP(1), GC (2), Francisco

Eis um bom exemplo de como se pode complicar o que até é simples: perante uma equipa bem organizada mas sem "rasgo" e algo ingénua, jogamos de forma atabalhoada e precipitada, querendo fazer tudo com pressa, perfeitamente desastrados na concretização. Depois de um time out oportuno lá estabilizamos um pouco e terminamos a jogar bem e a marcar, matando o jogo.

 

2 - CT04    v. 5-4    Porto    ACAPO FUTSAL CUP  

17 Set. 2005

RC, JN(3), ZM, NP(1), GC, Francisco

0-1, 2-1, 2-2, 3-2, 4-2, 4-3, 5-3, 5-4

No primeiro jogo de um dia que prometia ser desgastante - 4 jogos de 30 minutos em perspectiva - não houve tempo para dosear esforço: com apenas seis jogadores e perante uma equipa extremamente jovem e talentosa, tivemos que recorrer a toda a nossa garra e empenhamento para dar a volta a um texto que chegou a parecer complicado. Não fizemos um grande jogo, mas mostramos o que vale a experiência conjugada com algums momentos de inspiração.

 

1 - Os Sobrinhos    v. 8-4  S. Mamede  6 Set. 2005

HV, JN(2), MM(2), NP(3), SM, DT(1)

1-0, 1-1, 1-2, 3-2, 3-3, 4-3, 4-4, 8-4

Apesar das muitas ausências (causadas em grande parte pelo "Portus baby boom", que se saúda e assegura o futuro do clube) fizemos um excelente e prometedor primeiro jogo-treino da época, contra uma boa equipa, com quem já perdemos e ganhamos. Praticando um futebol virado para o ataque e para a velocidade - até porque a equipa era composta por jogadores de características ofensivas - construímos muitas ocasiões de golo, com o guarda-redes adversário e algum azar a evitarem a chuva de golos. Belo começo!

 

 

VER DESCRIÇÃO DOS JOGOS DA ÉPOCA 2004/2005

Enter supporting content here