Make your own free website on Tripod.com

ÉPOCA 2005/2006

Taça Nacional dos Campeões FFA 2006
Home
HISTÓRIA 2005/06
TORNEIOS 2005/06
JOGOS 2005/06
Balanço da época
festa de encerramento da época
Campeões da Mini Liga 2006
Apuramento FFA abr06
VI Circuito - Covilhã
Tranmere no Porto
ACAPO CUP
Deslocação a Lanheses
18º Aniversário
Taça Nacional dos Campeões FFA 2006
Outras Fotos
HOMEPAGE PORTUS87

portusleiria.JPG

Para alguns de nós, a festa começou ainda mais cedo do que sábado (quer dizer, sem contar com a primeira fase - também uma grande festa!) já que três, do núcleo duro do Portus (Cap. João, Zé e o Greg) foram para Leiria na Sexta à noite (em estágio...).

Depois de um excelente jantar em Coimbra, deu ainda para beber uns copos na noite de Leiria, na companhia de uma parte da equipa dos nossos amigos AmigosFC, que também pernoitaram em Leiria.

Sábado começou bem cedo para o pessoal e às 10 horas já se jogava em Parceiros.

No nosso primeiro jogo, a contar para os 1/4 final da Taça dos Campeões, perante o DIGESTA, não entramos nada bem e só nos últimos 5 minutos pudemos respirar fundo, embora sem nunca termos estado a perder. Marcamos primeiro, por volta dos 10 minutos, depois de termos tido algumas dificuldades com a criatividade de alguns elementos do Digesta e depois do 2-0 ainda consentimos o 2-1. Mas uma boa recta final permitiu-nos chegar aos 5-1, que terá sido castigo demasiado pesado para a malta do Digesta (que apenas tinham cinco jogadores disponíveis). Nota final para um grande golo do Zé Manel, num remate de longe.

Depois desta partida, havia muito tempo para descansar e almoçar - e anda para ver jogos e confraternizar com a malta das outras equipas.
 
Após almoço juntou-se, supreendentemente, à comitiva o Tó Zé, vindo directamente do Porto, após afazeres familiares... 

O jogo seguinte - das meias finais - colocou-nos frente ao GDCB, que já havíamos defrontado na primeira fase (derrota 1-2), pelo que sabíamos da árdua tarefa que nos esperava. E curiosamente até entramos bem, claramente melhor do que no primeiro jogo, dispostos a lutar até á exaustão. E a verdade é que tivemos algum ascendente inicial, sem no entanto criarmos muito perigo. E a primeira jogada de perigo do GDCB terminou com a bola na nossa baliza, na sequência de um canto. Claro que contra uma equipa desta qualidade e consistência sofrer um golo assim custa caro, ainda mais em jogos de 20 minutos. Souberam tirar partido da vantagem no marcador, defenderam bem, sairam em perigosos contra ataques e mereceram por completo a vitória final, apesar de a nossa garra e capacidade de luta ter justificado também um golo, que poderia ter funcionado como estímulo extra para ir atrás do empate. Mas na baliza estava um "gigante", que nos tirou várias vezes o pão da boca. Enfim, mais uma grande partida entre estas duas equipas, muito correcta e com um resultado final justo.

Fica a nota para o facto de em 2006 termos apenas duas derrotas registadas e ambas perante o GDCB - vamos ter que fazer alguma coisa acerca disto...
 
De lamentar só a lesão do Zé, que torceu um pé e ficou KO por uns tempos. Esperamos que não seja muito grave.

Ficava a faltar apenas o terceiro jogo - para procurarmos garantir um honroso terceiro lugar na Taça dos Campeões e um lugar no pódio da Taça Nacional.
 
Como adversários tínhamos os nossos velhos conhecidos Piões de Talaíde, uma equipa que conhecemos desde 2003 - desde a nossa primeira deslocação futebolística a Lisboa!

E foi para nós um fim de prova em grande, apesar do cansaço que quase nos traía. Entramos em jogo com muita calma e tranquilidade, chegando ao 2-0, mas depois cedemos um pouco e permitimos o empate. Quando tudo se aprestava para os penaltis, num assomo final de força e vontade lá conseguimos o 3-2 numa altura em que os árbitros já se aprestavam para terminar a partida, o Manel sacou um golo "à Madjer" fabuloso só ao alcance dos melhores.
 
Apesar do grande empenho dos Piões, parece-me que foi uma vitória justa, conseguida num jogo muito correcto e bem disputado.

Alinharam e marcaram pelo Portus nestes três jogos: Helder, João (1), Zé (1), Greg (3), Manel(1), Sebas (1), Victor(1), Tó Zé:


Depois dos entusiasmantes jogos das finais (belas partidas, com dignos vencedores e vencidos e enorme participação do público) foi tempo para um excelente e e animado jantar em (grande) grupo, e um regresso a casa tranquilo, como sempre se deseja!

portusleiria1.JPG
Este é o espirito Portus87 seja onde seja!

3º - PIÕES TALAÍDE   V. 3-2 

HV, JN, MM(1), GC(2), TZ, VG, SM

Neste terceiro jogo procurávamos garantir um honroso terceiro lugar na Taça dos Campeões e um lugar no pódio da Taça Nacional. Como adversários tínhamos os nossos velhos conhecidos Piões de Talaíde, uma equipa que conhecemos desde 2003 - desde a nossa primeira deslocação futebolística a Lisboa! E foi para nós um fim de prova em grande, apesar do cansaço que quase nos traía. Entramos em jogo com muita calma e tranquilidade, chegando ao 2-0, mas depois cedemos um pouco e permitimos o empate. Quando tudo se aprestava para os penaltis, num assomo final de força e vontade lá conseguimos o 3-2 numa altura em que os árbitros já se aprestavam para terminar a partida, com um grande golo " à majder" do Manel. Apesar do grande empenho dos Piões, parece-nos que foi uma vitória justa, conseguida num jogo muito correcto e bem disputado.

 

2º - GDCB    D. 0-2

HV, JN, ZM, MM, GC, TZ, VG, SM

Já havíamos defrontado esta equipa na primeira fase da taça Nacional FFA (derrota 1-2), pelo que sabíamos da árdua tarefa que nos esperava. E curiosamente até entramos bem, claramente melhor do que no primeiro jogo, dispostos a lutar até á exaustão. E a verdade é que tivemos algum ascendente inicial, sem no entanto criarmos muito perigo. E a primeira jogada de perigo do GDCB terminou com a bola na nossa baliza, na sequência de um canto. Claro que contra uma equipa desta qualidade e consistência sofrer um golo assim custa caro, ainda mais em jogos de 20 minutos. Souberam tirar partido da vantagem no marcador, defenderam bem, sairam em perigosos contra ataques e mereceram por completo a vitória final, apesar de a nossa garra e capacidade de luta ter justificado também um golo, que poderia ter funcionado como estímulo extra para ir atrás do empate. Mas na baliza estava um "gigante", que nos tirou várias vezes o pão da boca. Enfim, mais uma grande partida entre estas duas equipas, muito correcta e com um resultado final justo. Fica a nota para o facto de em 2006 termos apenas duas derrotas registadas e ambas perante o GDCB - vamos ter que fazer alguma coisa acerca disto... Preparem-se!!! De lamentar só a lesão do Zé, que torceu um pé e ficou KO por uns tempos. Esperamos que não seja muito grave.

 

1º - DIGESTA    V. 5-1

HV, JN(1), ZM(1), GC(1), MM, VG(1), SM(1)

Nesta primeira partida não entramos nada bem e só nos últimos 5 minutos pudemos respirar fundo, embora sem nunca termos estado a perder. Marcamos primeiro, por volta dos 10 minutos, depois de termos tido algumas dificuldades com a criatividade de alguns elementos do Digesta e depois do 2-0 ainda consentimos o 2-1. Mas uma boa recta final permitiu-nos chegar aos 5-1, que terá sido castigo demasiado pesado para a malta do Digesta (que apenas tinham cinco jogadores disponíveis). Nota final para um grande golo do Zé Manel, num remate de longe.

portusleiria2.JPG

portusleiria3.JPG